O Brasil possui um litoral incrível e as mais belas praias do mundo.  Se você não é um grande fã de praias com o mar muito agitado ou com muitas ondas vai amar as famosas piscinas naturais.  No Brasil você encontra diversas piscinas naturais e elas estão espalhadas principalmente pelo Nordeste. As formações surgem  durante a maré baixa o que atrai turistas de todas as idades mas saiba que para encontrar aqueles “aquários transparentes”e com peixinhos que podem ser vistos a olho nu existe toda uma ciência. Siga estas dicas e aproveite ao máximo seu passeio a uma piscina natural!

  

Tábua das Marés

Em sua viagem é importantíssimo consultar a tábua das marés, principalmente para decidir o dia e a hora do seu passeio às piscinas naturais. A maré alta faz com que as “piscinas” fiquem cobertas de água e somente na maré baixa que as piscinas naturais aparecem.  Os corais tem maior visibilidade e a água fica represada se transformando por três ou quatro horas em verdadeiros aquários,  perfeitos para o mergulho livre com snorkel.

Onde consultar a tábua das marés? Nós indicamos o site Climatempo

Passo a passo: Consultando a Tábua das Marés

Primeiro passo entre no site Climatempo

Os portos estão listados por Estado, basta escolher um que seja próximo de seu destino.

Selecione o mês de sua viagem

Depois que você seleciona o mês, o site irá carregar uma página com as marés mínimas e máximas de todos os dias (quatro resultados por dia: duas mínimas e duas máximas)

Analisando as tabelas

Observe os dias destacados e note como a maré baixa ocorre entre 30 e 40 minutos mais tarde que o dia anterior

Dia 25/08 a mínima da maré baixa ocorre às 09h:15 – nível: 0,2

Dia 26/08 a mínima da maré baixa ocorre às 09h:49 – nível 0,1

Dia 27/08 a mínima da maré baixa ocorre às 10h:23 – nível 0,1

Dia 28/08 a mínima da maré baixa ocorre às 10h:56 – nível 0,1

Observe que os dias listados acima são ótimos para fazer o passeio às piscinas naturais, pois o nível mínimo da maré está abaixo de 0,5. O nível  máximo da maré tolerável é até 0,5 e quanto mais baixo e próximo a 0,0 melhor.

Nos dias de maré abaixo do nível 0,5 procure chegar a piscina natural entre 90 e 60 minutos antes do nível da maré do horário.

Chuva e dias nublados: fuja

Na época chuvosa que vai de abril a julho, você poderá não encontrar as piscinas como vê em fotos. A passagem de uma chuva forte acaba mexendo muito com água e você não encontrará uma água cristalina.

Um dia nublado é bastante prejudicial para um passeio às piscinas naturais. Dê preferência ao dias ensolarados  e com sol alto para que você veja a transparência da piscina natural (a visibilidade ficará um pouco prejudicada de manhã muito cedo e meio da tarde com incidência de sol lateral).

 

Esperamos que vocês tenham gostado.

Michele e Célio – Bagagem para Dois